Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


REDE

por Maria Bem-me-Quer, em 13.09.16

 

E tudo acontece demasiado rápido! Tão rápido que é difícil perceber o que nos envolve, o que faz com que  se torne incrivelmente difícil de perceber o se quer.

Pedes tempo, mas não to dão! Estamos demasiados conectados, para quebrar a corrente, e para negar o sistema.

O sistema domina-te e torna-se viciante, sair dele é quase um acto de coragem.

Tudo foi tornado demasiado efémero por ele. Já não há qualquer problema em perder, porque tão rápido se volta a ganhar.

Perdeu-se a intensidade que apaixona e o calor que apega. O polegar começa a ficar dorido de pressionar o ''enviar''. E tudo se resume a isso.

As trocas de olhares viraram onlines coincidentes. As sonoridades envergonhadas, tornaram-se olás confiantes.

Mas em pouco tempo também tudo vira estranho, conclui-se que nunca se conheceu na realidade.

Mas a cadeia continua, o sistema não cai, apenas falha mais uma vez.

Tu queres encontrar o teu nirvana, mas impedem-te vezes sem conta, e sem estares preparado convidam-te a entrar de novo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:34

Pedi colegas, deram-me familia

por Maria Bem-me-Quer, em 24.07.16

 

 

 

E por fim o secundário estava acabado, e uma vida nova pela frente, prestes a começar! Porém podem pensar que os anos de faculdade, longe de casa, são os melhores na nossa vida. Mas nem tudo é um mar de rosas.

E o primeiro obstáculo que tive foi escolher uma casa! E digo-vos não foi nada fácil. Viver com outras pessoas, inicialmente desconhecidas para nós não é fácil. Ter que aprender a respeitar hábitos e personalidades de algum com quem foste basicamente impingido a viver é  uma tarefa difícil. Onde tens que aprender a calar a muita coisas e alterar os teus próprios comportamentos.

Mas posso-vos dizer que tive sorte! Pedia apenas colegas de casa minimamente decentes, mas ao invés disso deram-me uma segunda família!  Pedia alguém que não me incomodasse muito, mas tive alguém que fazia o contrario! Tive alguém que ao final de um dia de aulas estava á minha espera! Que estava lá para me dar na cabeça quando precisava e para dizer vezes sem conta: « Sim mamã» .

Pedi colegas, recebi amigas! Não podias estar mais grata por tudo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:52

Tempo

por Maria Bem-me-Quer, em 06.06.16

 

E de repente damos conta que já passou o tempo..

Algo demasiado efémero, de certo modo, para tentarmos contar. Talvez teria que adaptar a escala ou converter a múltiplos. Ou somente, agora percebo que deveria ter vivido mais intensamente. Descomplicado o fácil e resumido fútil. Mas já é tarde, o sol já se pôs e logo hoje, por azar, não temos a luz do luar para nos deixar voltar a recomeçar.

Talvez seja melhor deixar o tempo erudir o resto que ficou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:12

Aos amigos de uma vida

por Maria Bem-me-Quer, em 13.04.16

 

 

Quando me refiro a amigos de uma vida, não falo daqueles que começaram a gatinhar comigo! Esses seguiram um caminho diferente! Refiro-me àqueles com quem, desde que me lembro, partilharam sorrisos e não só! Aqueles que cruzaram o mesmo caminho, e decidiram partilhá-lo comigo! Aqueles em que a amizade começou com um quase ''ódio'', mas que afinal estávamos destinados a ser Amigos! Aqueles em que as diferenças são mais que as semelhanças, mas que provavelmente é isso que os une! Que o facto de não esperares simplesmente nada deles, te faz com que apenas superem as tuas expectativas!

Considero ''Amigo'' uma palavra demasiado forte, e sentida para ser usada de forma leviana com determinadas meras pessoas! E sim podes dar-te por feliz por eu te considerar '' Amigo de uma vida''. São estes os amigos que não precisam de palavras, que preferem as ações, que te impedem de cair, mas também te ajudam a levantar! Que fazem de mãe e te dão na cabeça, que não se importam que fiques chateado pois sabem no dia seguinte vai estar tudo bem...

Posso me dar por feliz , porque tenho as amigas de festa e as amigas de uma vida, incluídas nas mesmas pessoas!  Provavelmente nunca vos disse isto, mas também não é tarde para o dizer: OBRIGADO,  obrigado pelos sermões, pelos chazinhos de idosa, pelas piadas parvas sem piada. Obrigado por serem quem são e por serem felizes comigo ! Brindemos com água à nossa amizade!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:27

Desafio : Liebster Awards

por Maria Bem-me-Quer, em 08.04.16

Este é o desafio "Liebster Awards" e fui convidada pela simpática Aventureira do blog As minhas aventuras .

O Desafio consiste em dar a conhecer 11 factos sobre mim e responder às perguntas que me foram colocadas. Depois nomeio entre 10 a 20 blogs com menos de 200 seguidores e proponho 10 perguntas! 

Vamos a isto !

 

11 Factos Sobre Mim

 

- Amo viver;

- Entre doces e salgados, não consigo escolher.

- O desporto não é o meu forte.

- Adoro neve, e o cheiro da terra molhada quando vêm as primeiras chuvas;

- Se é demasiado cliché, eu gosto!

- Adoro a minha família

- Ando sempre atrasada, infelizmente...

- Adoro animais, principalmente cães.

- Sou viciada em séries!

- Amo música, respiro música! Mas sou péssima cantora e não sei tocar nenhum instrumento.

- Sou uma rapariga de clássicos, com gostos muito clássicos.

 

E vamos às perguntas:

- Qual a tua flor preferida?

Adoro gerberas! Talvez pela simplicidade !

- O que é que não deixas por fazer quando sais de casa de manhã?

As minhas manhãs são sempre uma correria, a única coisa que faço sempre é abrir a perciana ...

- 3 Coisas que levavas contigo se fosses fazer uma viagem à volta do Mundo?

Acho que não levava nada em especial, preferia trazer boas recordações e experiências! 

- Se tivesses um Super-Poder qual seria?

Viajar no tempo.

 

- Qual a tua "boa acção" mais comum?

 É o típico ceder o lugar de autocarro a alguém mais velho.

- Qual a cor que domina o teu guarda-fatos?

Preto e branco, sem duvida!

- Teatro ou Cinema?

Gosto do meu cinema em casa, e com uma manta no colo.

- Um jantar num Restaurante Chique ou uma noite tranquila com o jantar em casa?

Noite tranquila com o jantar em casa! Gosto da comida á minha maneira

- Comer no trabalho ou levar a "marmita"?

Vir comer a casa.

- Primavera/Verão ou Outono/Inverno?

Primavera/Outono, não gosto de extremos!

 

 

E os nomeados são...

- O blog Manual da Moda;

- Bella do blog Revolutionary Life ;

- A menina de caracóis do A menina dos caracóis ;

- Francisco Luís Fontinha;

- Seda e Caxemira ;

- Plutão, do blog Um dia com Plutão;

- Complica-me! ;

 

E o Desafio consiste em dar a conhecer 11 pormenores sobre vocês, responder às perguntas e nomear outros blogs a fazer o mesmo. A ideia é dar a conhecer os pequenos blogs.

 

E as perguntas são: 

 

 - Filme favorito?

-  Um guilty pleasure.

- Como defines os teu estilo?

- As melhores experiencias de blogar?

- Sol ou chuva?

- Qual a tua cidade de sonho? Para visitar ou viver?

- Algo que te apaixone.

- Tens algum vicio?

- O que não podes deixar de fazer ao fim de semana?

- Gostas de musica? Género?

- Café ou chá?

 

 

Divirtam-se 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:30

Instinto selvagem

por Maria Bem-me-Quer, em 24.03.16

 

O cerebro dos animais está auto-programado para não esquecer facilmente as coisas más que lhes acontecem! Isto é uma estratégia de sobrevivência, que lhes permite evitar perigos anteriores. E nós humanos? Será que ainda temos este instinto de auto-preservação? Pois bem, a mim parece-me que não.

Talvez sejamos masoquistas, talvez sejamos só parvos apenas. Mas uma coisa é certa! Gostamos de recordar o bom, e esquecer o mau! Recordar o que nos fez felizes e já não faz! Chorar lágrimas de saudade, e negar soluços engasgados de dor! Exponencializar o mínimo, e fracionar o péssimo...

Lembras-te do cheiro dele? E do abraço? Eu também! E dos seus lábios quentes na tua face gelada? Mas se eu te perguntar porque não estás com ele? Tu vais responder e depois continuas a frase com um «mas» ... Mas esse «mas» é o eufemismo da tua tristeza, e da dor no peito que sentiste depois de tudo acabar! Queres voltar para ele? Mesmo que me digas que não, nem tu acreditas nisso! Perdeste o amor próprio, e já não segues o que acreditas. E cedes!

Em estado selvagem se cedesse, o tempo acabava para ti ! E a sobrevivência da espécie poderia não se perpetuar!

Mas a diferença é no sobreviver! Porque eu vivo! Vivo, erro e volto a errar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31


''Tente mover o mundo - o primeiro passo será mover se a si mesmo'' Platão

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Março 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Arquivos

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D